Eu sou pobre de marré

A cantiga de roda “eu sou pobre, pobre, pobre, de marré, marré, marré” é mais uma daquelas intrigantes canções infantis sem nenhum sentido. Vamos tentar fazer uma interpretação livre:

“Eu sou pobre, pobre, pobre, de marré, marré, marré”

Evidentemente o sujeito é pobre, ele é bastante enfático, mas vejam que ele é pobre de marré1, ou seja, a pobreza não é financeira, pois ele tem um carro, assim, o sujeito possui uma pobreza de habilidade de dar marcha ré.

1 marré, possível corruptela dos termos má (qualidade de ruim) e ré, marcha de automóveis que conduzem o carro no sentido contrário do usual.

“Eu sou pobre, pobre, pobre, de marré deci2

Parece óbvio que a falta de aptidão em dar ré levou a pessoa em questão a descer uma escadaria, talvez, sempre de ré. É obviamente uma canção de protesto contra a Revolução da técnica automobilística, e em última instância, contra a Revolução Industrial.

2 deci, erro de digitação para a palavra desci, do verbo descer.

Palhaçada de lado, o sentido dessa cantiga não é tão evidente como algumas pessoas afirmam. A primeira vez que ouvi sobre, foi de um professor de cursinho que esclareceu da seguinte forma: para ele, a cantiga vinha da França, durante a revolução francesa, cujas crianças pobres cantavam:

Je suis pauvre, pauvre, pauvre, je m’en marre, m’en marre, m’en marre,

Je suis pauvre, pauvre, pauvre, je m’en marre d’ici”

Tradução livre: eu sou pobre, pobre, pobre, eu estou de saco cheio de tudo isso, eu sou pobre, pobre, pobre, eu estou de saco cheio daqui.

E assim a questão parece encerrada. Porém existe uma outra, digamos corrente, de pessoas que afirmam ser uma canção francesa sim, mas diferente da anterior:

Je suis pauvre, pauvre, pauvre, Du Marais, Marais, Marais

Je suis riche , riche, riche, de Mairie d’Ivry”

Tradução: eu sou pobre, pobre, pobre, de Marais, eu sou rico, rico, rico, da Prefeitura d’Ivry.

Le Marais é um dos bairros mais antigos de Paris. Ivry é uma região onde se situam algumas comunidades do subúrbio de Paris, porém Mairie d’Ivry, é a estação de metrô localizada próxima à prefeitura (mairie) de Ivry-sur-Seine.

1Estação de metrô

Parece interessante, e a sonoridade é bastante parecida com a versão do português. Mas alguns pontos são discutíveis, apesar da forma categórica que alguns defendem essa cantiga. Primeiramente, apesar de Le Marais ser uma região hoje em dia em decadência econômica, não o era no fim do século XIX. Região de prestigio parisiense, conta com as passagens (galerias em que a aristocracia e burguesia do XIX passeavam e faziam compras), Hôtel de Sens, onde Rainha Margot se manteve enclausurada até o fim de sua vida, enfim, não podemos pensar no bairro como um ícone de pobreza. Agora sobre a região de Ivry, o nome “Mairie d’Ivry” só passa a ter sentido a partir da década de 30 do XX, quando foi realizada a construção da estação de metrô batizada com este nome. Antes disso, o nome Prefeitura (mairie) não teria grande importância a uma pequena comuna de Ivry-sur-Seine.

2Hôtel de Sens

Existe ainda uma terceira interpretação, essa que passa pelas cantigas nórdicas, que parece a mais plausível das duas primeiras hipóteses. Para saber mais sobre, clique neste link.

O exercício de investigação que propus aqui é feito a partir da afirmação em comum de que é uma música do XIX. Mas temos que pensar em algumas variantes: quando realmente foi citada esta canção na França e no Brasil, que não é tão simples assim, pois canções desse tipo são cantadas por muito tempo antes de alguém registrar tanto na escrita como em partituras. Assim, há a necessidade de um longo trabalho de história oral. Outro suposto problema é o número de variantes que a música pode ter, dependendo da região e época em que se cantava. Não podemos pensar que a mudança de sentido foi apenas feita aqui no Brasil. Cantigas são passiveis de enormes mudanças em curtos períodos de tempo, e a maioria se perde rapidamente.

De qualquer maneira, é interessante observar como quando se trata de um estudo histórico, aquilo que parece mais evidente não necessariamente é plausível, algo que muitos não- historiadores que amam fazer livros sobre “história” deveriam levar em conta.

Bernard

Anúncios

6 Responses to Eu sou pobre de marré

  1. Creio que não se trata de Mairie D’Ivry, e sim da Mairie d’Issy! Na região dos Hauts-de-Seine, bem rica. Mairie d’Issy, na fala, parece muito mais Marré Deci!

  2. Cacete disse:

    DETESTO ESTE BORDAO…TOTALMENTE IDIOTA E SEM SENTIDO NENHUM…QUANTA IDIOTICE!

  3. Bonita Huerta disse:

    Muito interessante o que você levantou sobre a cantiga. Sempre fui curiosa por saber de onde vinha. Merci beaucoup, c’était super bien recherché !

  4. Daniel disse:

    Pesquisei um pouco e também acredito que o comentário do Mateus está certo. Mairie d’Issy-les-Moulineaux, é uma cidade do subúrbio de Paris.
    Assim como aquele ‘Anarriê’ que o cantor Leonardo canta nas músicas dele que não faz sentido algum para nós vem das palavras em Francês “En arrière” que significa para trás, em que estes cantavam em suas cantigas.

    • bernardqh disse:

      Olá Daniel, de fato, foneticamente, e em comparação ao grau de “riqueza” nos dias de hoje, Issy é muito mais plausível. Quando encontrei essa informação, também achei estranha a utilização de Ivry (principalmente em correlação à rima). Mas depois de pesquisar um pouco a história de cada região, verifiquei que Issy era bastante rural no século XIX. Já Ivry, era naquele momento, região industrial. Como bem sabemos como era precária a condição social no entorno das fábricas no XIX. Faria bastante sentido a cantiga se referir a essa região. Temos que pensar ainda que nos ouvidos de um estrangeiro, a prosódia francesa pode proporcionar erros de compreensão fonética, como no entendimento de “s” no lugar de “vr”, visto que ambos os sons são sibilados no palato (digo isso na condição de professor de francês). De qualquer forma, é com bastante satisfação que vejo despertar tamanha discussão neste e em outros tópicos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: